.
Início do cabeçalho
.

Início do conteúdo

Início do conteúdo

Uma Justiça eficiente permitiria ao Brasil crescer mais 0,8% ao ano, incrementaria a produção nacional em 14%, diminuiria o desemprego em 9,5% e aumentaria os investimentos no País em 10,4%. As informações foram dadas pelo secretário geral do Conselho Nacional de Justiça, juiz Sérgio Tejada, em palestra na manhã desta sexta-feira, dia 19.  Tejada falou sobre administração do Judiciário no II Encontro Nacional dos Defensores Públicos-Chefes, organizado pela Defensoria Pública da União, em Brasília.

O secretário geral do CNJ apontou a implementação do processo virtual como uma das soluções para a lentidão da Justiça. Citou o caso das varas de juizados especiais federais em Porto Alegre., um levantamento feito no primeiro semestre de 2005, mostrou que o uso do processo virtual derrubou o tempo médio de tramitação dos processos de 790 para 37 dias.

Segundo Tejada, a implantação do processo virtual no Tribunal Regional Federal da 4ª Região já permitiu uma economia de 4,36 milhões de reais só em insumos (papel, etiquetas, capas etc.), já descontados os 800 mil reais gastos com a compra de equipamentos, desenvolvimento e instalação do sistema e treinamento de pessoal.