.
Início do cabeçalho
.

Início do conteúdo

Início do conteúdo

Em sessão realizada nessa terça-feira (12/09), o Plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) julgou o maior número de processos em uma sessão plenária desde a criação do órgão. Foram 41 decisões, três pedidos de vista regimental, nove processos retirados de pauta e três processos adiados.

O maior número de processos julgados anteriormente havia sido registrado na sessão do dia 29 de agosto, quando houve decisões sobre 33 processos.

Além de bater o recorde de julgamentos, a sessão da última terça-feira também se caracterizou por ter esgotado a pauta. Ou seja, a sessão terminou porque todos os processos incluídos na pauta foram encaminhados.

A próxima sessão do Conselho se realiza dia 26 de setembro, na sede do CNJ, em Brasília.