.
Início do cabeçalho
.

Início do conteúdo

Início do conteúdo
As inspeções da Corregedoria Nacional de Justiça tem o objetivo de apurar fatos relacionados ao funcionamento dos serviços judiciais e auxiliares, havendo ou não evidências de irregularidades. FOTO: Luiz Silveira/Agência CNJ
As inspeções da Corregedoria Nacional de Justiça tem o objetivo de apurar fatos relacionados ao funcionamento dos serviços judiciais e auxiliares, havendo ou não evidências de irregularidades. FOTO: Luiz Silveira/Agência CNJ

A Corregedoria Nacional de Justiça realizará, a partir de 24 de setembro, inspeção nos setores administrativos e judiciais da Justiça Comum estadual de segundo grau do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ-SE).

O procedimento foi determinado pela Portaria n. 71, de 10 de setembro de 2018, assinada pelo ministro Humberto Martins, corregedor Nacional de Justiça. Os trabalhos forenses e os prazos processuais no tribunal estadual não serão suspensos em função das atividades, que se estenderão até sexta-feira (28/9).

Na oportunidade, a Corregedoria Nacional de Justiça verificará a situação atual do Poder Judiciário em Sergipe, inclusive analisando sua evolução após a última inspeção, realizada em novembro de 2016.

Nos trabalhos de inspeção, o ministro corregedor terá o apoio dos juízes Marcio Luiz Coelho de Freitas, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região; Kelly Cristina Oliveira Costa, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região; e do juiz de Direito Jorsenildo Dourado do Nascimento, do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas, além de uma equipe de assessores.

A realização de inspeções é uma atribuição da Corregedoria Nacional de Justiça e tem o objetivo de apurar fatos relacionados ao funcionamento dos serviços judiciais e auxiliares, havendo ou não evidências de irregularidades.

Corregedoria Nacional de Justiça


Tópicos: corregedoria nacional de justiça