.
Início do cabeçalho
.

Início do conteúdo

Início do conteúdo
Tribunal, que adota modelo desde 2014, é modelo para outros órgãos. Norma do CNJ regula jornada a distância
Tribunal, que adota modelo desde 2014, é modelo para outros órgãos. Norma do CNJ regula jornada a distância

Com 332 servidores de 1º e 2º grau atuantes na modalidade de teletrabalho, o Tribunal de Justiça de Santa Catarina tem motivos para comemorar o Dia Internacional do Teletrabalho neste próximo domingo, dia 16 de setembro. Implementado em 2014 por meio de um projeto experimental, o teletrabalho tem se consolidado no TJ, entre outros motivos, por permitir incremento da produtividade, aumento da eficiência no trabalho e melhoria da qualidade de vida do servidor.

O modelo adotado no Judiciário estadual, aliás, é considerado uma das referências nacionais no setor público, tanto que já contribui para avanços em outros órgãos com os quais compartilhou experiências, como o Tribunal de Justiça do Amazonas, Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região e Ministério Público de Santa Catarina. Levantamento anteriormente realizado pela Diretoria de Gestão de Pessoas (DGP) do TJ evidenciou o elevado grau de satisfação da maioria dos servidores que participam do teletrabalho.
"Aliar a vida pessoal à profissional, de forma equilibrada e harmônica, é sinônimo de plenitude", contextualizou um dos servidores ouvidos pela administração. Para Raphael Jaques de Souza, diretor da DGP, os resultados já alcançados são realmente motivo de satisfação para a instituição. "Nossos servidores em teletrabalho estão mais felizes e produtivos. Estes ganhos nos impulsionam a continuar aprimorando para atender a demanda crescente de interessados nesta modalidade de trabalho", comentou.

Fonte: TJSC


Tópicos: teletrabalho,gestão de pessoas