Últimas páginas visitadas

.
STJ emprega 155 deficientes auditivos, que atuam conforme padrões fixados pelo CNJ (Divulgação/STJ)
STJ emprega 155 deficientes auditivos, que atuam conforme padrões fixados pelo CNJ (Divulgação/STJ)

Em comemoração do Dia Nacional dos Surdos, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) homenageou seus 155 colaboradores deficientes auditivos que auxiliam nos trabalhos da Secretaria Judiciária. O evento ocorreu na manhã de quarta-feira (26) e contou com a presença da vice-presidente do STJ, ministra Maria Thereza de Assis Moura; do diretor-geral do tribunal, Lúcio Guimarães Marques, e do secretário-geral da presidência, Zacarias Carvalho Silva.

A ministra afirmou que a data é uma oportunidade propícia para reconhecer a contribuição dos colaboradores surdos às atividades da corte ao longo de quase dez anos. “Graças ao esforço e à dedicação de todos vocês, foi possível converter o sonho do processo eletrônico em realidade”, declarou.
Os colaboradores surdos realizam atividades importantes no fluxo processual do STJ, tais como a digitalização de processos (atividade pioneira), a extração de resumo indicativo dos recursos e o cadastramento de partes e advogados, conforme padrões estabelecidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
Maria Thereza de Assis Moura enfatizou também que os números mostram a grandeza do trabalho realizado por esses colaboradores. “Milhões de páginas digitalizadas, centenas de milhares de processos virtualizados... Tudo isso possibilitou ao STJ transformar-se rapidamente no primeiro tribunal do país a ter o seu acervo de processos em formato eletrônico. Hoje, 99% das ações e recursos tramitam eletronicamente”, destacou a vice-presidente.
Heróis anônimos
Durante o evento, foi exibido um vídeo com depoimentos de servidores e demais colaboradores sobre a experiência de fazer parte desse processo de inclusão, apoiado pelo tribunal desde 2009.
O titular da Secretaria Judiciária, Antonio Augusto Gentil, lembrou que a comemoração do Dia Nacional dos Surdos já faz parte do calendário do STJ e é uma forma de homenagear “heróis anônimos, que trabalham em silêncio e contribuem decisivamente para a construção da imagem institucional do STJ”.
Segundo ele, “são profissionais que têm um diferencial competitivo, que possuem um alto poder de concentração e disciplina, e isso explica o sucesso do projeto”.

Fonte: STJ


Tópicos: Acessibilidade

.

SEPN Quadra 514 norte, lote 9, Bloco D CEP: 70760-544 

Telefones - 55 61 2326-5000 Horário de atendimento ao público: das 12h às 19h, de segunda a sexta-feira, exceto nos feriados.

W3C Válido