CNJ em Ação mostra reinserção de presos no mercado de trabalho

Compartilhe

Neste sábado (8/12), a edição do programa CNJ em Ação, veiculado pela TV Justiça, mostra como o programa Começar de Novo do CNJ tem colaborado para a reinserção de ex-detentos no mercado de trabalho. Dos 12 estádios que estão sendo reformados para a Copa do Mundo de 2014, oito estão sendo erguidos com o trabalho de pessoas que foram presas e que agora tentam nova oportunidade.  

Veja também o projeto de lei que pode mudar a realidade de muitos presos brasileiros. A proposta prevê que o tempo da prisão provisória, o da prisão administrativa ou o da internação seja considerado pelo juiz na hora de definir a pena privativa de liberdade.

No quadro “Bastidores”, esta edição do programa traz entrevista com o conselheiro do CNJ Emmanoel Campelo. Ele participou em Lima, capital do Peru, da conferência do Eurosocial sobre Mecanismos Alternativos de Solução de Conflitos na América Latina.

“Imaginávamos que essa cultura do litígio no Poder Judiciário fosse uma característica do Brasil, mas todos os países da América Latina passam pelos mesmos problemas. Também impressionou muito positivamente o fato de nós termos estratégias para lidar com esse problema”, afirma o conselheiro na entrevista.

O programa CNJ em Ação é exibido semanalmente aos sábados na TV Justiça e também pela TV Câmara, às terças-feiras e tem o diferencial de mostrar aos telespectadores as principais ações e julgamentos do CNJ e também o trabalho das comissões técnicas do CNJ.

Exibições:

Inédito (08/12), às 20h30

Reapresentações (09/12), às 7h,  (10/12), às 11h e (14/12) às 4h30.

Agência CNJ de Notícias