Encontro de Comunicação é encerrado com a apresentação da Carta de Salvador

Os assessores de comunicação que participaram do Encontro de Comunicação – Construindo a Imagem Institucional apresentaram, no final da tarde desta sexta-feira (27/5), a Carta de Salvador, que traz os principais pontos discutidos entre os jornalistas durante os dois dias do evento, realizado no Hotel Fiesta, em Salvador (BA). O documento traz recomendações relativas ao orçamento destinado às assessorias, ferramentas de trabalho, definição de um planejamento de comunicação e a realização de encontros permanentes entre jornalistas e magistrados, dentre outros temas. A Carta será entregue ao ministro Cezar Peluso, presidente do Conselho Nacional de Justiça e do Supremo Tribunal Federal (STF). Leia aqui a íntegra do documento.

O juiz Ricardo Schmitt, assessor da Presidência do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), encerrou o encontro agradecendo a presença dos assessores, ressaltando a importância da comunicação nos trabalhos da Justiça.

Promovido pelo TJBA em parceria com o Conselho Nacional de Justiça e a Fundação Getúlio Vargas, o encontro reuniu jornalistas que atuam nas assessorias de comunicação dos tribunais de justiça do país. Foram ministradas palestras com o professor Carlos Chaparro, da Universidade de São Paulo (USP); o jornalista Heraldo Pereira, da Rede Globo; e o jornalista Felipe Recondo, do jornal O Estado de S. Paulo.

O jornalista Renato Parente, assessor de Comunicação do Tribunal Superior do Trabalho (TST) também participou do encontro relatando suas experiências no dia a dia com repórteres.

Já o jornalista José Carlos Tedesco, assessor de Comunicação do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, falou sobre o tratamento da informação no caso da falência da Varig, enquanto que a jornalista Rosângela Sanches, do Tribunal de Justiça do São Paulo, fez uma apresentação de como foi realizada a cobertura da imprensa e os trabalhos da assessoria no caso da morte da garota Isabella Nardoni.

Fonte: TJBA

Deixe um comentário