Ministro Dalazen toma posse como membro do Conselho Nacional de Justiça

 

O corregedor-geral do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro João Oreste Dalazen, tomou posse como membro do Conselho Nacional de Justiça em sessão nesta terça-feira (23/10). Dalazen ocupa a vaga do ministro Gelson de Azevedo, em decorrência de sua aposentadoria. Participou da solenidade de posse o presidente do TST, ministro Rider de Brito.

 

O corregedor-geral do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro João Oreste Dalazen, tomou posse como membro do Conselho Nacional de Justiça em sessão nesta terça-feira (23/10). Dalazen ocupa a vaga do ministro Gelson de Azevedo, em decorrência de sua aposentadoria. Participou da solenidade de posse o presidente do TST, ministro Rider de Brito.

"O ministro vem de uma longa carreira na Justiça Trabalhista, o que certamente contribuirá para o trabalho do CNJ" saudou a presidente do Conselho Nacional de Justiça e do Supremo Tribunal Federal, ministra Ellen Gracie. Dalazen é ministro do Tribunal Superior do Trabalho desde julho de 1996. Nascido em Getúlio Vargas (RS), em 12 de janeiro de 1953, Dalazen se graduou obteve o título de mestre em Direito pela Universidade Federal do Paraná. Foi professor da Faculdade de Direito da PUC/PR de 1986 a 1989, e da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná até agosto de 2001. Atualmente, leciona na Faculdade de Direito da Universidade de Brasília. Perfil e currículo completo estão disponíveis no sítio do CNJ. Para acessar, clique aqui.

O Conselho Nacional de Justiça é composto por 15 membros: nove do Judiciário e seis representantes externos. As indicações do Judiciário são feitas pelo Supremo Tribunal Federal, pelo Superior Tribunal de Justiça e pelo Tribunal Superior do Trabalho. As indicações de fora do Judiciário, pela OAB Ministério Público, Câmara dos Deputados e Senado Federal. Os mandatos são de dois anos e os conselheiros podem ser reconduzidos uma única vez.

Deixe um comentário