Abap apresenta campanha publicitária ao CNJ

O presidente da Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap), Dalton Pastore, apresentou nesta segunda-feira (04/12) à presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Ellen Gracie, e ao secretário-geral do CNJ, juiz Sérgio Tejada, a campanha publicitária desenvolvida para divulgar o Movimento pela Conciliação e o Dia Nacional da Conciliação. Segundo Pastore, a idéia foi desenvolver uma campanha que explicasse a possibilidade da conciliação no Judiciário, além de esclarecer à sociedade o termo conciliação. "O objetivo foi realizar uma campanha que transformasse o termo complexo, que é a conciliação, em algo de fácil entendimento popular", explicou.

Pastore apresentou quatro peças publicitárias que serão divulgadas em revistas e jornais. Nelas, duas luvas de boxes aparecem como personagens que, em lugar de iniciar uma luta, preferem buscar a solução pacífica do conflito. Além das peças, um filme está sendo produzido para televisão, também com a mesma idéia. Dois lutadores de boxe escolhem a conciliação como a melhor maneira de resolverem uma disputa.

Para Sérgio Tejada, o apoio da Abap ao Movimento pela Conciliação é de grande importância. "É imensa a gratidão do CNJ à Abap. Essa campanha estratégica vai facilitar ainda mais o trabalho do Conselho, de buscar a mudança de cultura da sociedade. O Brasil tem a tradição do demandismo, e não da conciliação, e esta é uma das causas da morosidade da Justiça", disse Tejada.

A campanha publicitária foi desenvolvida para o CNJ sem nenhum custo. "Essa campanha foi feita com trabalho voluntário. É a forma que a Abap encontrou de auxiliar nesta iniciativa de interesse público", disse Pastore. A campanha começará a ser veiculada nesta quinta-feira (07/12).