Bahia firma 29 parcerias para capacitar detentos e ex-detentos

Compartilhe

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) e o Governo do Estado assinam, nesta sexta-feira (1/7), 29 termos de Cooperação Técnica com órgãos públicos, entidades não governamentais e empresas privadas para a promoção da capacitação profissional de detentos e egressos do sistema carcerário. É mais uma ação do Programa Começar de Novo, criado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em 2009. Desenvolvido em parceria com os tribunais de Justiça dos estados, o programa busca reduzir a reincidência criminal por meio de oportunidades de capacitação profissional e de trabalho.

O evento está marcado para as 9h, no auditório do TJBA, com as presenças do governador Jacques Wagner; da presidente do TJBA, desembargadora Telma Brito; do representante do CNJ, desembargador Froz Sobrinho, além de empresários e outros convidados. O endereço do tribunal é 5ª Avenida do CAB, nº 560, Salvador. Na solenidade, será apresentado um vídeo com informações sobre as atividades do Começar de Novo desenvolvidas na Bahia.

Ganhador do VII Prêmio Innovare, em dezembro de 2010, o Começar de Novo é um conjunto de ações voltadas à sensibilização de órgãos públicos, empresas e sociedade civil, com o propósito de proporcionar, em âmbito nacional, oportunidades de reinserção social para detentos, egressos do sistema penitenciário, cumpridores de penas alternativas e de medidas socioeducativas. Em maio, o programa ultrapassou a marca de mil empregos gerados.

Jorge Vasconcellos
Agência CNJ de Notícias