Censo do Poder Judiciário já foi respondido por mais de 50% dos servidores de 30 tribunais

Você está visualizando atualmente Censo do Poder Judiciário já foi respondido por mais de 50% dos servidores de 30 tribunais
Compartilhe

Em 30 tribunais de todo o País, o Censo Nacional do Poder Judiciário – elaborado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) – já foi respondido por mais de 50% dos servidores até o final da manhã desta terça-feira (17/9). A Justiça Militar de São Paulo e a do Rio Grande do Sul foi além e ultrapassou 85% de questionários preenchidos, apresentando 87,32% e 85,11%, respectivamente, das pesquisas finalizadas. A justiça castrense de Minas Gerais chegou a 70,49%.

Entre os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), destacam-se o do Paraná, com 75,73%, o do Rio de Janeiro, com 74,29%, e o de São Paulo, com 62,73% do preenchimento de respostas. Em seguida, aparecem outros 11 TREs: Roraima (58,39%), Espírito Santo (54,72%), Amapá (54,68%), Rio Grande do Norte (54,60%), Tocantins (54,04%), Santa Catarina (53,86%), Rondônia (53,56%), Acre (53,53%), Rio Grande do Sul (53,46%), Mato Grosso do Sul (50,51%), Mato Grosso (50,12%).

Dos 16 Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs), cinco atingiram mais de 50% do total para a conclusão da análise do Departamento de Pesquisas Judiciárias (DPJ), do CNJ. Foram eles o TRT da 1ª Região (Rio de Janeiro), com 66,53%; o da 16ª Região (Maranhão), com 62,57%; o da 14ª Região (Rondônia e Acre), com 59,46%; o da 13ª Região (Paraíba), com 56,28%; e o da 9ª Região (Paraná), com 54,90%.

Justiça Estadual – Após 23 dias do início do Censo Nacional do Poder Judiciário, mais da metade dos servidores de sete Tribunais de Justiça também participaram da pesquisa. Encabeça a lista o Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul (TJRS), com 63,80%. Na sequência, vêm o do Mato Grosso do Sul (TJMS), com 63,24%; o de Roraima (TJRR), com 61,92%; o de Pernambuco (TJPE), com 58,99%; o do Paraná (TJPR), com 56,03%; o de Tocantins (TJTO), com 54,72%; e o da Bahia (TJBA), com 51,82%.

Até o momento, os servidores do CNJ responderam a 57,04% dos respectivos questionários; os do Conselho da Justiça Federal (CJF), 53,33%; e os do Superior Tribunal Militar (STM), 50,47%.

Edilene Cordeiro
Agência CNJ de Notícias