CNJ abre procedimento disciplinar contra juiz de Minas Gerais

O Plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu em sessão desta terça-feira (05/12) pela instauração de procedimento disciplinar para apurar acusações contra o juiz Juscelino José de Magalhães, da comarca de Timóteo, em Minas Gerais. O magistrado enfrenta acusações de desvio de conduta e comportamento inadequado.

A decisão do CNJ se deu em resposta à Revisão Disciplinar nº 9, que questiona sindicância relacionada ao caso, arquivada pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais. O magistrado, por decisão do TJMG, foi removido por antiguidade para a comarca de Ribeirão das Neves.

Deixe um comentário