CNJ apresenta proposta de revisão do planejamento do Judiciário

Você está visualizando atualmente CNJ apresenta proposta de revisão do planejamento do Judiciário
Compartilhe

O Departamento de Gestão Estratégica (DGE), do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), concluiu relatório sobre a proposta de Plano de Trabalho para Revisão do Planejamento Estratégico que norteará os órgãos do Poder Judiciário entre 2015 e 2019. Em abril passado, tribunais e conselhos de todo o País apresentaram sugestões sobre as diretrizes e iniciativas que serão adotadas, tendo em vista a proposta de se instituir uma rede de governança colaborativa. Veja a íntegra do relatório.

“A medida privilegia a atuação integral e logicamente encadeada dos órgãos da Justiça na definição de suas políticas”, segundo o diretor do DGE, Ivan Bonifácio. No relatório apresentado, a gestão da estratégia do Poder Judiciário mantém o CNJ como órgão de promoção e integração do sistema de Justiça na articulação com as estruturas administrativas de cada segmento, favorecendo o exercício de atuação gerencial com órgãos centrais da Justiça, como Conselho da Justiça Federal, Conselho Superior da Justiça do Trabalho, Tribunal Superior Eleitoral e Superior Tribunal Militar.

O modelo proposto também institui o Comitê Gestor da Justiça Estadual, instância de deliberação técnica destinada a promover estratégia uniformizadora nos tribunais estaduais. A comunicação da estratégia também ganha espaço com a definição de um plano para o fortalecimento da estratégia nacional, do segmento e do tribunal, observando temas previamente definidos.

Em 13 e 14 de junho, os tribunais e o CNJ se reunirão, em Brasília/DF, para discutir os resultados apresentados no relatório, sugerir novas propostas e definir as atividades dos segmentos de Justiça na elaboração de seus respectivos planejamentos.

Agência CNJ de Notícias