CNJ mantém licença para presidente de associação de magistrados na Paraíba

O Plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu nesta terça-feira (26/09) manter o juiz Marcos Coelho de Salles licenciado de suas funções como juiz. O magistrado foi reeleito para a presidência da Associação dos Magistrados do estado da Paraíba (AMPB).

A decisão foi tomada em resposta ao pedido de providências nº 226. Na representação, Salles explica que já era licenciado das suas funções de magistrado anteriormente, por conta do cargo que exercia como presidente da AMPB. Poucos dias depois de ser reeleito, o Tribunal de Justiça do estado da Paraíba, (TJ-PB), determinou, em sessão secreta, que ele retornasse às suas atividades como juiz.

Salles já havia obtido medida liminar do Conselho para continuar licenciado e presidindo a associação. Nesta terça-feira, o Plenário ratificou a decisão e determinou ao TJ-PB que mantenha o juiz afastado legalmente de sua função como magistrado.  

Deixe um comentário