CNJ no Ar destaca ação da Corregedoria-Geral da Justiça mato-grossense

Compartilhe

A Corregedoria-Geral do Poder Judiciário de Mato Grosso conseguiu reduzir o estoque processual do primeiro grau de jurisdição em 9,71%, em relação ao número total de processos desde março de 2013. O atual estoque é de 945.554 processos em trâmite em todo o estado, diante de 1.070.156 processos totalizados naquele período. O desempenho da corregedoria mato-grossense é destaque do CNJ no Ar desta sexta-feira (22/8).

A redução do estoque processual é resultado de várias ações, como o trabalho da Auditoria na fiscalização on-line, os mutirões Celeridade Já, mutirões de sentença, a força-tarefa para arquivamento e as correições empreendidas pela Corregedoria. Para falar sobre o assunto, o CNJ no AR entrevista o desembargador e corregedor-geral do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso, Sebastião de Moraes Filho.
 
O programa também apresenta matéria sobre a implantação, pelo Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas, das videoconferências para audiências criminais. O objetivo é dar maior segurança e diminuir custos ao se evitar o deslocamento de presos para participar de audiências nos fóruns.

O CNJ no Ar é transmitido pela Rádio Justiça, de segunda a sexta-feira, a partir das 10 horas, na frequência 104.7 FM. Trata-se de uma parceria entre o CNJ e a Rádio Justiça e pode ser acessado pelo site www.radiojustica.jus.br

Agência CNJ de Notícias