CNJ no Ar destaca o relatório da Human Rights Watch Brasil sobre direitos humanos no País

Compartilhe

A diretora da Human Rights Watch Brasil, Maria Laura Canineu, entregou na última semana ao Conselho Nacional de Justiça cópia do I Relatório Global Anual dos Direitos Humanos no Brasil, publicado em dezembro de 2013. O relatório citou a superlotação dos presídios, os longos períodos de prisão provisória e a tortura como problemas graves no Brasil. O programa CNJ no Ar desta terça-feira (11/2) destaca a entrevista da diretora da entidade, na visita que fez ao Conselho.

O programa de hoje prossegue com o especial sobre Presídios Brasileiros. O juiz auxiliar da Presidência do Conselho Nacional de Justiça e coordenador do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas, do CNJ, Douglas de Melo Martins, falará sobre o crescimento da população carcerária.

Transmitido pela Rádio Justiça na frequência 104.7 FM, o programa CNJ no Ar é uma parceria entre o CNJ e a Rádio Justiça e vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 10 horas. O programa também pode ser acessado pelo site www.radiojustica.jus.br.

Agência CNJ de Notícias