CNJ no Ar destaca projeto de registro legal para presos em AP

Compartilhe

No programa CNJ no Ar desta quinta-feira (7/2), será apresentada reportagem sobre o Projeto Eu Existo – Registro Legal para o Preso, desenvolvido pela Casa da Justiça no Amapá, em parceria com o Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP). Para explicar o projeto, o CNJ no Ar entrevista a presidente da turma recursal dos juizados especiais do Amapá e coordenadora da Casa de Justiça, Sueli Pini, sobre o assunto.

No segundo bloco do programa, será possível conhecer os mutirões promovidos nos juizados especiais de Cuiabá e Várzea Grande, no Mato Grosso, para impulsionar os processos que aguardam expedição de alvarás e vinculação de valores.

Transmitido pela Rádio Justiça, de segunda a sexta-feira, a partir das 10 horas, na frequência 104.7 FM, o CNJ no Ar consiste em uma parceria entre o CNJ e a Rádio Justiça. O programa também pode ser acessado pelo site www.radiojustica.jus.br.

Agência CNJ de Notícias