CNJ no Ar divulga o Programa Justiça Comunitária

Compartilhe

O programa CNJ no Ar, transmitido pela Rádio Justiça, apresenta na edição desta quinta-feira (1/11) o Programa Justiça Comunitária, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT). O projeto estimula a comunidade a desenvolver mecanismos de resolução de conflitos por meio do diálogo, da participação social e da efetivação dos direitos humanos. Este mês, o programa completa 12 anos e, para celebrar, 56 novos agentes foram credenciados para fortalecer o Núcleo de Ceilândia. Para conversar sobre o assunto, a equipe entrevista a juíza do TJDFT Gláucia Foley, coordenadora do Programa Justiça Comunitária.

No bloco seguinte, os ouvintes ficarão por dentro de como o Ministério da Justiça, por meio da Ouvidoria do Sistema Penitenciário, doará veículos para 12 conselhos da comunidade do País. A iniciativa tem por finalidade reforçar a estrutura dessas entidades, que são vinculadas aos tribunais de Justiça e têm a responsabilidade de promover a participação da sociedade no processo de reintegração social dos condenados. Em entrevista, o juiz auxiliar da presidência do CNJ Luciano Losekan comenta a medida.

Transmitido pela Rádio Justiça, de segunda a sexta-feira, a partir das 10h, na frequência 104,7 FM, o CNJ no Ar é uma parceria do CNJ com a Rádio Justiça. O programa também pode ser acessado pelo site www.radiojustica.jus.br.

Agência CNJ de Notícias