CNJ Responde sobre o papel do advogado na conciliação

Você está visualizando atualmente CNJ Responde sobre o papel do advogado na conciliação
Compartilhe

Qual o papel do advogado nas audiências de conciliação? Essa é a dúvida encaminhada ao CNJ Responde desta semana. Para o conselheiro Emmanoel Campelo, coordenador do Comitê Gestor da Conciliação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a presença do advogado durante a audiência de conciliação não é obrigatória, mas pode auxiliar na obtenção do acordo.

“O papel do advogado é o de orientar o cidadão quanto aos seus direitos durante a audiência de conciliação. A presença de um advogado em uma audiência de conciliação dá uma segurança jurídica muito maior ao processo”, afirmou Campelo.

Acesse aqui o CNJ Responde. 

A Semana Nacional da Conciliação, realizada anualmente para reduzir o estoque de processos na justiça brasileira, será no período de 24 a 28 de novembro.

Alguma dúvida sobre o tema? O CNJ Responde! Basta enviar um vídeo para o e-mail: ideias@cnj.jus.br. O programa está no ar no canal de vídeos da Internet toda quinta-feira, a partir das 11 horas.

Regina Bandeira
Agência CNJ de Notícias