Combate ao trabalho escravo e Lei Maria da Penha são destaques do CNJ no Ar

Compartilhe

O CNJ no Ar desta quarta-feira (5/12) destaca o encontro que vai debater o combate ao trabalho escravo no Maranhão e a campanha da Lei Maria da Penha na Região Sul.

O programa vai veicular uma entrevista com o coordenador do Centro de Defesa dos Direitos Humanos e da Vida de Açailândia/MA, o advogado Antônio Filho. Ele vai falar sobre o encontro que vai reunir operadores do Direito amanhã (6/12) e sexta-feira (7/12), no Maranhão, para discutir formas de enfrentar o trabalho escravo.  

O outro destaque do programa desta quarta é o lançamento da campanha “Compromisso e Atitude pela Lei Maria da Penha: a Lei é mais forte”. A iniciativa da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) será lançada no próximo dia 14, em Curitiba, no Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR).

O CNJ no Ar consiste em uma parceria do CNJ com a Rádio Justiça. O programa é transmitido pela Rádio Justiça, de segunda a sexta-feira, a partir das 10h, na frequência 104.7 FM. Também pode ser acessado pelo site www.radiojustica.jus.br.

Agência CNJ de Notícias