Comissão estuda criação de sistema on-line para embarcações

Compartilhe

A Comissão de Tecnologia da Informação e Infraestrutura do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou nesta quarta-feira (14/3) a realização de estudos para viabilizar a criação de um sistema similar ao Renajud (ferramenta eletrônica que permite consultas on-line à base de dados do Departamento Nacional de Trânsito) voltado ao controle de embarcações.  A proposta também será encaminhada à Marinha brasileira para avaliação.

A decisão foi tomada durante reunião que tratou do aprimoramento do parque tecnológico do Judiciário. A nova ferramenta servirá para ajudar na localização desses bens em casos de execução judicial.

A dificuldade em localizar os bens das pessoas executadas é um antigo desafio do Judiciário. Estiveram presentes à reunião os conselheiros Gilberto Valente Martins e Sílvio Luiz da Rocha, os juízes auxiliares João Carlos Mayer (juiz designado pelo ministro Carlos Ayres Brito), Marivaldo Dantas de Araújo e Paulo Cristóvão Silva Filho, além do diretor do Departamento de Tecnologia da Informação (DTI), Olívio Fernandes Balbino.

Regina Bandeira
Agência CNJ de Notícias