Conselheiro do CNJ é homenageado no Superior Tribunal Militar

Compartilhe

O conselheiro José Roberto Neves Amorim, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), recebeu nesta terça-feira (3/4) a Comenda da Ordem do Mérito Judiciário Militar em cerimônia na sede do Superior Tribunal Militar (STM), em Brasília. Na ocasião, demais autoridades e representantes de instituições diversas foram homenageadas pelos serviços prestados à Justiça Militar, como o ex-conselheiro do CNJ, desembargador Federal Leomar Barros Amorim de Souza. O evento fez parte das comemorações pelos 204 anos da Justiça Militar da União.

Para o conselheiro Neves Amorim, receber a comenda Alta Distinção é o reconhecimento de um trabalho que revela, a cada dia, a importância das parcerias firmadas entre o CNJ e os tribunais com o objetivo de fortalecer o Judiciário brasileiro.  “O trabalho da Justiça Militar tem plena sintonia com os objetivos do Conselho Nacional de Justiça. Somos parceiros e acreditamos no comprometimento como base para desenvolvimento de ações em todo o país”, ressaltou o conselheiro.

Homenagem – Na abertura da cerimônia de entrega das condecorações o presidente do Superior Tribunal Militar, ministro Álvaro Luiz Pinto, destacou o valor da homenagem aos parceiros do órgão e a preocupação dos membros do STM em “acompanhar as transformações políticas e econômicas do país”. O ministro enfatizou, ainda, a tradição do Superior Tribunal Militar e defendeu um trabalho pautado na transparência e no comprometimento com os anseios sociais.

De acordo com o ministro da Defesa, Celso Nunes Amorim, que recebeu a medalha Grã-Cruz, comenda de grau mais elevado, “a tradição da medalha é motivo de orgulho e de honra”. Ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ), do Tribunal Superior do Trabalho (TST), o Advogado Geral da União, Luiz Inácio Adams, o ex-ministro da Educação, Fernando Haddad, magistrados, parlamentares, membros do Ministério Público e militares das Forças Armadas também foram condecorados durante a cerimônia.

Criação – A Comenda de Ordem ao Mérito da Justiça Militar foi criada em 12 de junho de 1957. Desde então, é entregue todos os anos aautoridades, em reconhecimento por bons serviços prestados. A medalha foi apresentada na comemoração dos 150 anos do Tribunal, fundado em 1º de abril de 1808.  

Aleandro Rocha
Agência CNJ de Notícias