Conselheiros abrem Semana da Conciliação em SC

Você está visualizando atualmente Conselheiros abrem Semana da Conciliação em SC
Compartilhe

O conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Jefferson Kravchychyn, ressaltou nesta quinta-feira (8/11) a necessidade de o Judiciário buscar alternativas para fazer frente aos 90 milhões de processos em tramitação no País. Ele e o conselheiro José Lucio Munhoz participaram nesta manhã, em Florianópolis/SC, da abertura da VII Semana Nacional da Conciliação no estado.

“Não adianta fazer mais do mesmo, tampouco buscar culpados por este quadro. Temos de encontrar soluções”, afirmou Kravchychyn. Com base nos números divulgados pela relatório Justiça em Números, Kravchychyn comparou juízes a máquinas de prolatar sentenças. Para ele, somente questões cujas soluções não se alcancem por meio da composição devem ser apresentadas ao Judiciário. “A verdadeira justiça se alcança aqui, na conversa frente a frente entre as partes”, resumiu.

Já o conselheiro José Lucio Munhoz afirmou acreditar que a Semana Nacional da Conciliação, além dos resultados práticos que apresenta, traz embutidas outras vantagens para o Judiciário. “É um movimento importante para a cidadania brasileira e muito apropriado para se fazer uma reflexão profunda sobre a cultura da litigiosidade em nosso País”, comentou. Para Munhoz, as pessoas precisam compreender e se conscientizar da importância de buscar a composição de seus problemas antes de recorrer à intervenção estatal.

O desembargador Victor Ferreira, coordenador do Conselho Gestor dos Juizados Especiais e Programas Alternativos de Solução de Conflitos do TJ, lembrou que Santa Catarina foi o estado pioneiro na realização de mutirões da conciliação, em 2004. “Fico muito satisfeito que o CNJ tenha encampado esta ideia e a estendido por todo o Brasil”, garantiu.

Em Santa Catarina, estão previstas cerca de 16 mil audiências para esta semana. Em Florianópolis, no Terminal Rodoviário, há 3 mil audiências marcadas sobre questões pré-processuais. O atendimento já teve início na manhã de quarta-feira e se estenderá até o próximo dia 14.

Do TJSC