Corregedoria quer explicações sobre sorteio de brindes entre magistrados paulistas

Você está visualizando atualmente Corregedoria quer explicações sobre sorteio de brindes entre magistrados paulistas
Compartilhe

O corregedor nacional de Justiça, ministro Francisco Falcão, determinou a instauração de pedido de providências para apurar se magistrados paulistas receberam brindes patrocinados pela iniciativa privada em evento promovido pela Associação Paulista de Magistrados (Apamagis) no último dia 1º de dezembro.

Na decisão, assinada nesta quinta-feira (13/12), o ministro Francisco Falcão determinou a expedição de ofícios ao presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP) e ao corregedor-geral da Justiça do Estado para que prestem informações à Corregedoria Nacional quanto ao teor da notícia divulgada. O tribunal terá prazo de cinco dias, contados do recebimento dos ofícios, para enviar as explicações.

De acordo com notícia veiculada em blog na internet, houve o sorteio, durante jantar de confraternização da entidade, de diversos tipos de brindes doados por empresas privadas, como aparelhos de blu-ray, viagens nacionais e internacionais e um carro zero quilômetro.
 
Gilson Luiz Euzébio
Agência CNJ de Notícias