Custo de pessoal no Judiciário gaúcho cresce menos que no Executivo

Você está visualizando atualmente Custo de pessoal no Judiciário gaúcho cresce menos que no Executivo

No Rio Grande do Sul, índices comprovam a tese de que o Judiciário age com responsabilidade fiscal há bastante tempo. Fazendo um comparativo com o Poder Executivo, relacionado ao crescimento das despesas de pessoal nos últimos 10 anos, os números do Judiciário representam menos da metade da elevação verificada no Executivo na mesma rubrica.

No período, a despesa de pessoal do Judiciário cresceu 90,82%, ampliando de R$ 1,19 bilhão para R$ 2,27 bilhões. Já o Executivo registrou um aumento de 202,55%, pulando de R$ 5,86 bilhões para R$ 17,75 bilhões.

O tribunal, apesar da crescente demanda de trabalho ampliada mensalmente, vem agindo com esforço coletivo que trouxe resultados em recente levantamento conduzido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que apontou o Judiciário do estado como mais produtivo do país.

Fonte: TJRS