Economia de gastos no TJ Alagoas e conciliação são destaques no CNJ no Ar

Compartilhe

A economia na ordem de R$ 177 mil que o Tribunal de Justiça do Estado do Alagoas vem obtendo com as despesas relativas à manutenção da sua estrutura digital é um dos destaques da edição desta quinta-feira (28/3) do programa CNJ no Ar. Em entrevista, o diretor de tecnologia da corte, José Batista, explica que a redução dos gastos com a internet é fruto de um contrato firmado com a empresa Alô Telecom. Os custos mensais com o serviço caíram de R$ 260 mil para R$ 83 mil.

Outro destaque do programa é o Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas, que tem apresentado resultados positivos. O setor fechou em minutos um acordo no valor de R$ 10 mil em um caso de acidente de trânsito. Luís Cláudio Chaves, juiz responsável, explica em entrevista como funciona a iniciativa.  

Transmitido pela Rádio Justiça na frequência 104.7 FM, o programa CNJ no Ar é uma parceria entre o CNJ e a Rádio Justiça e vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 10 horas. O programa também pode ser acessado pelo site www.radiojustica.jus.br.

Agência CNJ de Notícias