Famílias atendidas apontam benefícios com a conciliação

Compartilhe

Os resultados também possuem confirmação estatística. Conforme pesquisa realizada, 100% das famílias atendidas consideram que a conciliação trouxe diversos benefícios para os filhos. Outras 80% disseram que os acordos formalizados estão sendo cumpridos e 70% destacaram que após a conciliação passaram a ter melhor capacidade de resolver os conflitos com a parte.

“Os problemas de família que são resolvidos na Justiça são bastante delicados e, por isso, muitas vezes não podem ficar presos apenas à questão jurídica. Por isso é importante essa atuação de diversos profissionais na conciliação destes processos”, ressaltou o economista Caelison Lima de Andrade, analista judiciário do TJAM e um dos servidores do núcleo. Andrade ajuda na preparação e realização de 42 audiências por dia e em pelo menos duas delas atua como conciliador.

Também 29% dos entrevistados, de acordo com a pesquisa, disseram ter tido melhores condições para o desempenho de suas condições como pais e mães. E 99% dos entrevistados deixou claro que a justiça atendeu às suas expectativas. Um sonho realizado pelos jurisdicionados e, também, pelos servidores e representantes do Judiciário. Tudo isso, com muito afeto, como assegurou a equipe.

Hylda Cavalcanti
Agência CNJ de Notícias