II Encontro Nacional do Encarceramento Feminino é destaque do CNJ no Ar

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realiza, nesta semana, a segunda edição do Encontro Nacional do Encarceramento Feminino. Entre os temas em debate estão: prisão domiciliar, tratamento de grávidas e mães com filhos no cárcere, revista íntima, tráfico de entorpecentes e mulheres em manicômios judiciários. Para falar sobre o assunto, o programa CNJ no Ar entrevista nesta terça-feira (20/8) o juiz auxiliar da Presidência do CNJ e coordenador do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Medidas Socioeducativas (DMF), Luciano Losekann.

Outro destaque do programa de hoje é a reportagem especial sobre a parceria entre o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro e a companhia estadual de água e esgoto para a contratação de detentos para trabalharem na empresa.

Transmitido pela Rádio Justiça na frequência 104.7 FM, o programa CNJ no Ar é uma parceria entre o CNJ e a Rádio Justiça e vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 10 horas. O programa também pode ser acessado pelo site www.radiojustica.jus.br.

Agência CNJ de Notícias

Deixe um comentário