Mais de 50 mil servidores já responderam ao questionário

Você está visualizando atualmente Mais de 50 mil servidores já responderam ao questionário
Compartilhe

Em quatro dias de funcionamento, o Censo Nacional do Poder Judiciário, realizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), já registrou a opinião de mais de 16% dos servidores. Até o começo da tarde desta quinta-feira (29/8), foram respondidos 50.212 questionários.

De acordo com dados do Sistema de Gestão de Questionários do CNJ, das 94 instituições judiciárias, os Tribunais de Justiça Militar do Rio Grande do Sul (TJMRS) e de São Paulo (TJMSP) apresentaram os números mais altos de questionários respondidos: 73,6% e 66,2%, respectivamente.

Em seguida, com 51% de perguntas do censo respondidas, está o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE/RJ) e o Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso (TRE/MT), com 41,4% de questionários concluídos.

Devem responder ao censo todos os servidores detentores de cargos efetivos ou em comissão, além dos requisitados para o Poder Judiciário. O questionário ficará disponível por 45 dias, no portal do CNJ. Posteriormente, será aberto prazo para que os magistrados respondam pesquisa semelhante.

Amanhã, 30 de agosto, o CNJ vai disponibilizar aos membros das Comissões do Censo dos Tribunais um relatório de acompanhamento das respostas. O relatório apresentará apenas totais e percentagens. A expectativa dos organizadores é que as Comissões tenham uma visão detalhada do índice de respostas.

Para ter acesso ao questionário, é preciso acessar o endereço www.cnj.jus.br/censo. São 39 perguntas que, dependendo das respostas, podem gerar novas questões.

Regina Bandeira
Agência CNJ de Notícias