Novo programa da TV Justiça apresenta ações do CNJ

Compartilhe

A TV Justiça tem um novo programa e está sendo veiculado aos sábados: o CNJ em Ação, que divulga detalhes dos trabalhos desenvolvidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), bem como as decisões julgadas em plenário. O programa é veiculado às 20h30 e tem 58 minutos de duração, com reprise em outros dois horários.

Na primeira edição, veiculada no dia 25 de fevereiro, o entrevistado foi o presidente do Conselho, ministro Cezar Peluso. A edição deste sábado (2/3), por sua vez, abordará os destaques da 142ª. sessão plenária do CNJ e apresentará, também, entrevista com a corregedora nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon.

A corregedora fala, em sua entrevista, sobre a missão institucional do Conselho e da Corregedoria Nacional de Justiça. “O papel da Corregedoria é fazer a cobrança das políticas traçadas pelo CNJ. A Corregedoria funciona estabelecendo projetos que resolvam o problema do bom funcionamento da Justiça para que haja a correção do que está errado em relação ao comportamento dos magistrados” destacou a ministra Eliana Calmon.

Decisões – Num segundo bloco serão abordadas as decisões votadas pelos conselheiros, no julgamento da última terça-feira (28/2). Dentre as quais, a de abrir processo administrativo disciplinar contra um juiz do Piauí e a de revogar liminar que garantia a proteção pessoal à juíza Fabíola Michele Muniz, do Tribunal de Justiça de Pernambuco.
O CNJ em Ação mostrará, ainda, o programa do CNJ de Mutirões Carcerários e a realidade observada nos presídios femininos espalhados pelo Brasil.

O Programa CNJ em Ação é transmitido em canal aberto pela TV Justiça (em Brasília canal 53) às 20h30 do sábado, com reprise na sexta-feira às 4h30 e na segunda-feira às 11h. Também é veiculado nos canais por assinatura da Net (em Brasília canal 10) e na Sky, (canal 117).

Agência CNJ de Notícias