Peluso entrega placa aos conselheiros que encerram mandato

Compartilhe

O presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Cezar Peluso, entregou na sessão desta terça-feira (5/7) uma placa a cada um dos 10 conselheiros que encerram os mandatos neste mês. A 130ª sessão foi a última dos conselheiros Ives Gandra Martins Filho, Marcelo Neves, Morgana Richa, Milton Nobre, Paulo Tamburini, Nelson Tomaz Braga, Walter Nunes, José Adonis Callou de Sá, Leomar Amorim e Felipe Locke Cavalcanti, cujos mandatos de dois anos terminam neste mês de julho.

Segundo Peluso, foi uma forma de homenagear o trabalho e o esforço de cada um dos conselheiros. “Não quero terminar esta sessão sem deixar, de algum modo, registrado meu apreço aos senhores e ao papel que desempenharam ao longo desses dois anos”, afirmou Peluso. De acordo com o presidente do CNJ, a placa simboliza não apenas o reconhecimento do órgão. “Tenho certeza que falo em nome do Poder Judiciário e da sociedade brasileira”, afirmou.  

Outro integrante do CNJ cujo mandato termina no fim deste mês, o conselheiro Leomar Barros não estava presente, mas receberá a homenagem das mãos do ministro Peluso. “Entregarei pessoalmente ao conselheiro a placa, com o mesmo prazer”, disse.

Falando em nome dos demais conselheiros, o ministro Ives Gandra agradeceu a homenagem que o emocionou. Falou também da experiência de aprendizado que o mandato proporcionou, tanto em termos profissionais como pessoais. “Saio do Conselho admirando a cada um dos colegas desta composição. Levo a lembrança de cada um e a amizade que começou aqui continua para sempre”, disse.

Na ocasião também foi entregue a cada conselheiro que deixa o CNJ um álbum de fotografias que registram o trabalho deles durante o mandato. As fotografias são de autoria da Assessoria de Comunicação do Conselho.

Manuel Carlos Montenegro
Agência CNJ de Notícias