Plenário do CNJ lamenta morte de desembargador da Justiça do trabalho em incêndio no Rio

Compartilhe

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Joaquim Barbosa, expressou suas condolências à família do desembargador do Tribunal Regional do Trabalho Ricardo Damião Areosa e de sua mulher, Cristiane Teixeira Pinto, que faleceram na noite do último domingo (3/3), no Rio de Janeiro.

Ao presidir a 164ª Sessão Ordinária do CNJ, na manhã desta terça-feira (5/3), o ministro Joaquim Barbosa lamentou a morte do casal, vítima de um incêndio em seu apartamento, localizado no bairro do Leblon, Zona Sul do Rio de Janeiro.“Quero expressar as condolências desse colegiado à família do desembargador federal Ricardo Damião Areosa e de sua mulher, Cristiane Teixeira Pinto”, declarou o ministro. A iniciativa contou com o apoio dos demais conselheiros presentes à sessão.

O enterro do casal foi realizado ontem. A polícia aguarda a conclusão do laudo da perícia para apontar as causas do incêndio.

Tatiane Freire
Agência CNJ de Notícias