Presidente do CNJ destaca harmonia entre Poderes durante evento no Congresso Nacional

Você está visualizando atualmente Presidente do CNJ destaca harmonia entre Poderes durante evento no Congresso Nacional
Compartilhe

O presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, participou, nesta segunda-feira (2/2), da cerimônia de abertura do Ano Legislativo de 2015 no Congresso Nacional. Além de entregar relatório de atividades e de metas do Judiciário, o ministro destacou a importância da harmonia entre os Três Poderes.

Citando palavras do ex-parlamentar e atual vice-presidente da República, Michel Temer, Lewandowski lembrou que a independência e a harmonia entre os Poderes são valores consignados pela própria Constituição. “Se os poderes viverem em desarmonia, o país estará em uma situação de inconstitucionalidade”, afirmou.

Ao desejar um ano de trabalho e de realizações ao Legislativo, Ricardo Lewandowski garantiu aos presidentes das duas casas parlamentares que o STF está de portas abertas para “um diálogo franco, aberto, institucional e republicano em prol do bem-estar do povo brasileiro”.

Relatório – A entrega de relatório anual de atividades do CNJ ao Congresso Nacional consta do inciso VII, parágrafo 4º, do artigo 103-B da Constituição Federal. Incluído pela Reforma do Judiciário (Emenda Constitucional n. 45/2004), o dispositivo destaca que, além de dados sobre as atividades do Conselho, o relatório pode propor providências que julgar necessárias sobre a situação do Judiciário nacional.

O relatório tem 188 páginas e é dividido em três partes. A primeira apresenta a estrutura orgânica do CNJ e síntese de atribuições; a segunda, o Mapa Estratégico e dados orçamentários do Judiciário; e a terceira parte traz as principais ações desenvolvidas no CNJ ao longo de 2014.

Veja aqui a íntegra do relatório.

Evento – A abertura do Ano Legislativo foi presidida pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Além do chefe do Judiciário, compuseram a mesa o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante; o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ); o primeiro-secretário da Câmara, Beto Mansur (PRB-SP); e a terceira-secretária da Câmara, Mara Gabrilli (PSDB-SP).

O primeiro-secretário leu mensagem do Executivo com os principais resultados da primeira gestão da presidente Dilma Rousseff e de metas para o próximo quadriênio. Já os presidentes das duas casas legislativas destacaram os temas que devem movimentar o Congresso em 2015 e conclamaram os parlamentares a trabalharem unidos.

Débora Zampier
Agência CNJ de Notícias