Projeto do TJCE para empregar detentos é destaque no CNJ no Ar

Compartilhe

O CNJ no Ar desta terça-feira (4/12) destaca o projeto do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE) que busca empregar pessoas atualmente presas e a participação do conselheiro Emmanoel Campelo na conferência do Eurosocial, que aconteceu em Lima, no Peru, no fim de outubro.

Por meio do “Projeto Justiça no Cárcere”, o TJCE propõe parcerias com empresas para aumentar a oferta de empregos a detentos. Uma entrevista com a coordenadora do Grupo de Monitoramento Carcerário do tribunal, juíza Maria das Graças Almeida de Quental, explica melhor o funcionamento da iniciativa.

O outro destaque do programa desta terça é a presença do conselheiro do CNJ Emmanoel Campelo na conferência do Eurosocial, instituição vinculada à União Europeia que promove a cultura da paz e métodos alternativos de solução de conflitos. Por meio do Eurosocial, a União Europeia oferece cooperação técnica a Brasil, Costa Rica, Colômbia, Peru, Honduras, Paraguai, Uruguai, Chile e Argentina com o objetivo de reduzir o grau de litigiosidade nesses países.

O CNJ no Ar consiste em uma parceria do CNJ com a Rádio Justiça. O programa é transmitido pela Rádio Justiça, de segunda a sexta-feira, a partir das 10h, na frequência 104.7 FM. Também pode ser acessado pelo site www.radiojustica.jus.br.

Agência CNJ de Notícias