Projeto do TJPE é destaque no CNJ no Ar

A edição do programa CNJ no Ar desta segunda-feira (4/3) tem como destaque uma entrevista com a juíza assessora da Corregedoria do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco (TJPE), Maria Vargas. A magistrada falará sobre o início do trabalho da Corregedoria para a criação de um cadastro que vai padronizar e mapear processos, conforme prevê uma Resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O programa traz também uma matéria sobre o edital lançado pelo CNJ para selecionar os tribunais que vão participar do Projeto Eficiência. O projeto, criado em 2011, tem por objetivo dar maior celeridade e qualidade à prestação jurisdicional e é desenvolvido pelo Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas (DMF), do CNJ. No programa desta segunda-feira, o servidor do DMF, Everton Patrocínio, fala sobre o projeto.

Transmitido pela Rádio Justiça na frequência 104.7 FM, o programa CNJ no Ar é uma parceria entre o CNJ e a Rádio Justiça e vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 10 horas. O programa também pode ser acessado pelo site www.radiojustica.jus.br.

Agência CNJ de Notícias