Psicólogos participam do Movimento pela Conciliação

O Conselho Federal de Psicologia (CFP), demonstrando apoio concreto ao Movimento pela Conciliação, realiza evento sobre o tema em todos os Conselhos Regionais do país. No estado do Ceará, o evento se realiza nesta sexta-feira e sábado (17 e 18/11). A idéia é ampliar os espaços de atuação dos psicólogos nos processos de mediação e conciliação no Judiciário.

Indicado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o coordenador dos Juizados Especiais em Fortaleza (CE), juiz Mário Parente Teófilo participa da abertura do evento e da mesa redonda, em que será debatido o tema psicologia e administração de conflitos.

Segundo Parente, a contribuição do CFP é de grande importância. "O profissional de psicologia dará uma valiosa contribuição para a compreensão dos processos. Nós, juízes, estaremos melhor preparados para atuar nas conciliações, aplicando de forma mais adequada as técnicas de conciliação e mediação", explicou. Para o magistrado, é preciso que os juízes estejam mais sensíveis aos conflitos da sociedade, não fechando o conhecimento apenas para o lado jurídico.

O evento conta com o apoio da Associação Brasileira de Ensino de Psicologia (ABEP), da Associação Brasileira de Psicologia Jurídica (ABPJ) e do Ministério da Justiça. O objetivo desses órgãos é construir referenciais para a participação qualificada dos psicólogos nas atividades de mediação.

No primeiro dia, o evento se realiza no Ministério Público do Estado do Ceará, e no segundo, no Centro Cultural OBOÉ (CE).

 

Mais informações com Alice Soares – Organização de eventos, do CRP/CE, no telefone: (85) 3246-6924.

Deixe um comentário