Reintegração social de detentos é destaque no CNJ no Ar

Compartilhe

O CNJ no Ar apresenta, nesta terça-feira (7/2), duas reportagens sobre avanços do Programa Começar de Novo, criado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para promover a reinserção social de detentos e ex-detentos.

Uma das reportagens é sobre o Projeto Liberty, parceiro do CNJ situado em Campinas (SP), que já conseguiu, desde sua criação, em 2006, colocação no mercado de trabalho para mais de 170 ex-detentos. No CNJ no Ar desta terça, os ouvintes vão conhecer a mais nova iniciativa do Liberty, que é o emprego de detentos, ex-detentos, pessoas em situação de rua e portadores do HIV na produção de sacolas de papel. Além de preservar o meio ambiente, a iniciativa busca promover a inclusão produtiva desse público.

Outra reportagem é sobre o início de curso de capacitação profissional em Mecânica de Motocicletas, que tem a participação de 30 detentos do Maranhão. O curso resulta de parceria entre o Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), a Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (SEJAP) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI).

O CNJ no Ar consiste numa parceria do CNJ com a Rádio Justiça. O programa é transmitido pela Rádio Justiça, de segunda a sexta-feira, a partir de 10h, na freqüência 104,7 FM. Também pode ser acessado pelo site www.radiojustiça.jus.br.

Agência CNJ de Notícias