Resultados do mutirão carcerário de SC serão divulgados nesta sexta-feira

Compartilhe

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) divulga nesta sexta-feira (22/7) os resultados do mutirão carcerário que o órgão realizou entre junho e julho deste ano em Santa Catarina. A cerimônia começa às 14 horas, no Salão Nobre da Presidência do Tribunal de Justiça daquele Estado (TJSC), em Florianópolis.
O coordenador do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (DMF/CNJ), juiz Luciano Losekann, e a coordenadora do mutirão, juíza Soraya Brasileiro, representam o CNJ na solenidade. Acompanhados dos juízes da Coordenadoria de Execução Penal, Infância e Juventude (Cepij) do TJSC – que realizou o mutirão em parceria com o CNJ -, eles falarão à imprensa sobre o diagnóstico da justiça criminal realizado durante o mutirão.

Além dos resultados do mutirão carcerário, os magistrados, bem como o presidente e o vice-presidente da Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep), André Castro e Antônio Maffezoli, respectivamente, abordarão também a necessidade de criação da Defensoria Pública em Santa Catarina.

Mobilização – Entre 13 de junho e 13 de julho, foram analisados os processos dos presos daquele Estado. Os juízes do mutirão inspecionaram, ainda, penitenciárias, presídios e outras unidades do sistema prisional catarinense. O relatório terá recomendações e sugestões para contornar os problemas detectados durante a mobilização.  

Serviço:
Divulgação dos resultados do mutirão carcerário do CNJ em SC
Data: sexta-feira (22/7/2011)
Horário: 14 horas
Local: Salão Nobre da Presidência do TJ, 8º andar da Torre II. Florianópolis/SC.

Manuel Carlos Montenegro
Agência CNJ de Notícias