Ricardo Lewandowski destaca papel estratégico do CNJ para o Judiciário

Você está visualizando atualmente Ricardo Lewandowski destaca papel estratégico do CNJ para o Judiciário
Compartilhe

O presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, afirmou, na sexta-feira (19/09), que pretende ampliar o caráter estratégico do órgão, uniformizando procedimentos da magistratura que garantam unidade ao Poder Judiciário. A declaração foi dada durante o seminário Justiça e Democracia: Perspectivas de Efetividade, realizado em João Pessoa, na Paraíba.

“A concepção original do CNJ era de um órgão de planejamento estratégico do Poder Judiciário, que unificasse a magistratura nesse país continental que adota o sistema federal, em que nós temos múltiplos Judiciários. De certa maneira, esse objetivo tem sido logrado, mas precisa ser recuperado e melhorado, a meu ver. É preciso que nós possamos dar um caráter nacional ao Judiciário Brasileiro, como de fato ele tem. A meu ver, o grande papel do CNJ é dar essa uniformidade ao Poder Judiciário, que hoje conta com quase 17 mil juízes nas distintas categorias”, afirmou Lewandowski.

Ao destacar perfil mais humanista na atuação do Judiciário, o ministro acrescentou que pretende aumentar a interlocução com a sociedade, especialmente na forma de audiências públicas. Isso porque, em sua opinião, os cidadãos estão mais interessados no que ocorre no Judiciário.

“O Poder Judiciário no século XXI ganhou um corpo e uma visibilidade extraordinários. Ele passa a ser um copartícipe na formatação de políticas públicas na área do consumidor, meio ambiente, proteção da família, do idoso”, disse.

Agência CNJ de Notícias