Secretário-Geral do CNJ defende diálogo amplo com a sociedade

Você está visualizando atualmente Secretário-Geral do CNJ defende diálogo amplo com a sociedade
Compartilhe

O secretário-geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Fábio Cesar dos Santos de Oliveira, defendeu nesta segunda-feira (25/2), no Encontro Nacional de Comunicação do Poder Judiciário, promovido pelo CNJ, em Brasília, diálogo mais amplo com a sociedade. “Não se pode imaginar o Judiciário, hoje, como uma instituição hermética”, afirmou.

Ele destacou, no entanto, a necessidade de se cuidar da relevância das informações. “Esse é um trabalho a que comunicação social precisa ficar atenta, em função da premência do tempo, pois muitas vezes alguns assuntos perdem importância, apenas porque não são divulgados no tempo adequado”, afirmou.

O secretário defendeu também que a comunicação social dos tribunais não seja instrumentalizada. “A comunicação precisa ser afinada com a finalidade institucional do Judiciário e não com os interesses pessoais. Precisa atender ao interesse público.”

Fabio Cesar abriu a segunda parte do primeiro dia do encontro, na sede do Conselho da Justiça Federal (CJF). No primeiro dia do encontro os trabalhos foram destinados apenas aos assessores de comunicação do Judiciário, para discutir as estratégias de divulgação das Metas do Poder Judiciário brasileiro, especialmente a que trata da improbidade administrativa.

Rosana de Cassia

Agência CNJ de Notícias