Secretário-geral do CNJ é finalista do Prêmio Info Corporate

 

O secretário-geral do Conselho Nacional de Justiça, juiz Sérgio Tejada, é um dos finalistas do Prêmio Info Corporate, da Editora Abril. O prêmio é entregue a personalidades de 14 diferentes áreas que mais se destacam no uso da tecnologia da informação aplicada aos negócios no País. Á frente do projeto de informatização do Judiciário, comandado pelo CNJ, Sérgio Tejada foi pré-selecionado, pela revista, para concorrer na categoria governo.

 

O secretário-geral do Conselho Nacional de Justiça, juiz Sérgio Tejada, é um dos finalistas do Prêmio Info Corporate, da Editora Abril. O prêmio é entregue a personalidades de 14 diferentes áreas que mais se destacam no uso da tecnologia da informação aplicada aos negócios no País. Á frente do projeto de informatização do Judiciário, comandado pelo CNJ, Sérgio Tejada foi pré-selecionado, pela revista, para concorrer na categoria governo.

Com menos de um ano, o Sistema CNJ (Projudi) foi implantado em quase todos os estados brasileiros. Apenas quatro estados ainda não aderiram ao sistema. De acordo com o secretário-geral, 80% do orçamento do Conselho Nacional de Justiça está sendo gasto na informatização. Só este ano, a estimativa é de que o CNJ invista 56 milhões de reais na compra de equipamentos de informática e serviços necessários para a sua implementação.

Mais informações sobre o prêmio no endereço http://info.abril.com.br/corporate/ciosdoano/

Deixe um comentário