Portuguese PT English EN Spanish ES
Semana da Conciliação tem edição histórica no Paraná com quebra de recordes
Semana da Conciliação tem edição histórica no Paraná com quebra de recordes
Arte: TJPR

Realizada entre os dias 30 de novembro e 4 de dezembro, numa versão completamente virtual, a XV Semana Nacional da Conciliação no Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) acaba de finalizar o balanço geral dos números. O levantamento mostrou que, apesar de todos os contratempos ocasionados pela pandemia do novo coronavírus, a campanha conseguiu manter os índices de realização de audiências e atendimento ao público e ainda apresentou um incremento no montante de valores homologados.

Com mais de R$ 10 milhões acumulados nos acordos, essa edição mais que dobrou o valor registrado nas edições passadas, sinalizando um novo recorde de homologação. Os resultados finais ainda registraram o atendimento de cerca de 10.400 pessoas, 7.617 audiências realizadas e 1.506 acordos celebrados, em todo o estado. Os valores são considerados muito significativos dada a necessidade do isolamento social e utilização de tecnologias virtuais para realização dos atos.

Seguindo o formato de teletrabalho adotado pelo Poder Judiciário paranaense e as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), essa edição da Campanha foi totalmente organizada para o formato virtual. Todos os atendimentos, bem como as audiências, foram realizados por meio de chamadas de vídeo on-line.

A cerimônia de abertura foi feita por videoconferência e transmitida ao vivo no canal do YouTube da 2ª Vice-Presidência do TJPR, reunindo autoridades, como o procurador-geral de Justiça, Gilberto Giacoia, o prefeito de Curitiba Rafael Greca, além do presidente do TJPR, desembargador Adalberto Jorge Xisto Pereira, do 2º vice-presidente, desembargador José Laurindo de Souza Netto, e da desembargadora Joeci Camargo.

Como afirma o 2º vice-presidente do TJPR, a adaptação da Semana Nacional da Conciliação para o meio virtual seguiu a mesma linha dos serviços disponibilizados durante este ano. “Para garantir a segurança de todos os envolvidos decidimos manter o atendimento remoto que nos trouxe ótimos resultados. Durante a pandemia, o Cejusc Virtual já havia sido lançado para o tratamento de situações pré-processuais, onde o cidadão pode efetuar seu pedido direto pelo site do TJPR; e para os pedidos dos Juizados Especiais também abrimos uma opção por e-mail. São formas de garantir o acesso aos serviços judiciais sem a necessidade de deslocamento dos cidadãos.”

Devido à suspensão das formas de divulgação presenciais, o enfoque de toda a comunicação sobre a campanha foi adaptado para o meio virtual. Com o objetivo de integrar e interagir com toda a equipe de magistrados e servidores, a 2ª Vice-Presidência preparou um material de divulgação online, para ser compartilhado nas redes sociais por todos aqueles que participassem da Campanha. Foram produzidas artes, figurinhas do WhatsApp e posts, que ficaram disponíveis no site da Campanha. Integrando a divulgação, pelo segundo ano consecutivo, o “Conciliômetro” do TJPR atualizou os dados parciais diariamente pelas redes sociais.

Fonte: TJPR

A
Fechar Menu