Seminário vai debater papel do Judiciário em tempos de crise

Você está visualizando atualmente Seminário vai debater papel do Judiciário em tempos de crise
Compartilhe

Será realizado no final deste mês em Brasília o IX Seminário Internacional Ítalo-Ibero-Brasileiro de Estudos Jurídicos, com o tema “O Direito e a Crise da Complexidade”. Entre os assuntos que serão debatidos por juristas brasileiros e internacionais está o papel do Poder Judiciário em momentos de crise. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até dia 26, pelo site www.interlegis.leg.br. O evento será de 29 de novembro a 1º de dezembro, no auditório do Superior Tribunal de Justiça (STJ). O conselheiro Bruno Dantas é um dos coordenadores científicos do evento.

A ex-corregedora nacional de Justiça e atual vice-presidenta do STJ em exercício, ministra Eliana Calmon, participará do encerramento do evento em 1º de dezembro às 9h30. Já em 30 de novembro, o coordenador internacional da Comissão de Articulação Federativa do CNJ, professor Jorge Fountoura, fará palestra sobre o limite político-jurídico de tribunais internacionais, às 17h.

Podem participar do seminário magistrados, servidores da Justiça, especialistas e estudantes. Serão debatidos ainda temas como direito eleitoral e a crise internacional, direito privado em tempos de crise, direito e crise econômica entre a União Europeia e o Mercosul, e a simplificação do direito diante da complexidade do Estado. O presidente do STJ, ministro Felix Fischer, participará da abertura do seminário, que também contará com a presença dos ministros Castro Meira e Sidnei Beneti.

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (61) 3303-5201 e 3303-5202. Veja a programação completa.

Serviço
IX Seminário Internacional Ítalo-Ibero-Brasileiro de Estudos Jurídicos

Dias: de 29 de novembro a 1º de dezembro de 2012
Local: auditório do Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília
Inscrições: são gratuitas e podem ser feitas até 26 de novembro pelo site www.interlegis.leg.br

Mariana Braga
Agência CNJ de Notícias, com informações do STJ