Data da sessão plenária de novembro é alterada por causa do VII Encontro Nacional

Você está visualizando atualmente Data da sessão plenária de novembro é alterada por causa do VII Encontro Nacional
Compartilhe

A 179ª sessão ordinária do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que ocorreria em 19 de novembro, teve sua data antecipada em uma semana, para o dia 12 do mesmo mês. A alteração foi publicada nesta quinta-feira (5/9) no Diário de Justiça Eletrônico, por meio da Portaria CNJ n. 152, assinada pelo presidente do Conselho, ministro Joaquim Barbosa. O motivo da troca é a realização do VII Encontro Nacional do Poder Judiciário, que será nos dias 18 e 19 de novembro em Belém/PA, data que chocaria com o dia da 179ª sessão.

Em sua sétima edição, o Encontro Nacional reunirá os presidentes e corregedores de todos os 91 tribunais brasileiros, no intuito de debater os desafios e estratégias de ações do Judiciário para os próximos anos. No evento, os representantes das Cortes vão aprovar as metas prioritárias para 2014 e também os macrodesafios do Judiciário para o período de 2015 a 2019.

Na próxima semana, será realizada no auditório do Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília/DF, a reunião preparatória, em que integrantes dos tribunais vão discutir os principais temas a serem levados ao Encontro Nacional. Esta será a primeira vez que o evento nacional será realizado na região Norte. Outras edições já foram realizadas no Distrito Federal, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Sergipe.

O último Encontro Nacional do Poder Judiciário foi realizado em novembro do ano passado, em Aracaju/SE, quando os presidentes dos tribunais definiram 19 metas a serem perseguidas pelas Cortes no decorrer de 2013, com o objetivo de melhorar a prestação de serviços aos cidadãos. Entre elas está a Meta 18, que prevê o julgamento, até o final deste ano, de todas as ações de improbidade administrativa e crimes contra a administração pública que ingressaram na Justiça até 31 de dezembro de 2011.

Mariana Braga
Agência CNJ de Notícias